Espaço do Conhecimento UFMG exibe filme inédito sobre a Antártica

 

Espaço do Conhecimento UFMG exibe filme inédito sobre a Antártica

"Perspectivas Austrais" apresenta belezas do continente em sessões de terça a domingo no Planetário

 

Antartica Fulldome 02

Mais de 8 mil quilômetros separam o Brasil da Antártica, o continente mais remoto da Terra. Desbravar esse longo percurso nunca foi tarefa fácil. Agora, essa aventura pode ser sentida na pele numa experiência imersiva tão única quanto ir à própria Antártica, com o filme Perspectivas Austrais, em cartaz no Planetário o Espaço do Conhecimento UFMG a partir do dia 02 de janeiro.

O curta-metragem é o primeiro sobre a Antártica, em formato fulldome, que explora os recursos do Planetário digital e garante uma sensação de completa imersão. As imagens combinam fotografias e vídeos inéditos em 360° graus, capturados por pesquisadores do projeto da UFMG MycoAntar durante as expedições ao continente, e animações. Produção da equipe do Núcleo Audiovisual do Espaço, Perspectivas Austrais convida o público a conhecer de perto o cotidiano dos cientistas que realizam pesquisas nas terras geladas e as belezas de paisagens extraordinárias.

A produção integra a programação da Expedição Antártica, nova exposição do Espaço do Conhecimento UFMG. As sessões acontecem terça, quinta e sábado, às 15h, e quarta, sexta e domingo, às 14h. A entrada é gratuita.

Múltiplos olhares entre a arte e a tecnologia

Nem só planetas, estrelas e fenômenos celestes habitam a cúpula do Planetário do Espaço do Conhecimento UFMG. Unindo arte e tecnologia em seu processo criativo, o Núcleo Audiovisual do museu tem lançado, de forma inédita no país, filmes que exploram olhares diferenciados sobre as formas de saber e ultrapassam a compreensão eurocêntrica do conhecimento.

Além da Antártica, outros temas originais ganharam destaque nessas produções realizadas especialmente para exibição no Planetário, como o movimento musical mineiro Clube da Esquina no curta-metragem Entre Discos e Esquinas, lançado em 2017.

E o céu também já foi abordado sob outras perspectivas no documentário O Céu como Patrimônio (2016), produção inaugural da equipe em parceria com o Núcleo de Astronomia do museu. Relações simbólicas, religiosas e científicas da nossa cultura com o firmamento dão o tom da projeção, com imagens que contrastam ambientes rurais e urbanos de Minas Gerais.

Espaço do Conhecimento UFMG - Horário de Funcionamento: terça a domingo, das 10h às 17h. Todo sábado, horário estendido das 10h às 21h. espacodoconhecimento.org.br

 

 

0
0
0
s2smodern
powered by social2s